twitter
    O que você está fazendo? Siga-me :)

Mals, aí.


Ô, colega, tudo bem com você? Minha mulher e meu filho estão ali do lado. Você não teria uns trocados para ajudar a comprar a marmita?

Não, não tenho dinheiro aqui.

Não, mas dá uma olhadinha aí.

Não ando com dinheiro.

Mas olha aí, pra ter certeza.

Ah, sim! Tenho um cartão de créditos aqui com limite de três mil reais, serve? Mas, pera aí, vamos lá em casa, aqui perto que vou te dar um talão de cheques. Fica tranquilo, se precisar, pode entrar no Cheque Especial, que meu limite é de cinco mil reais. Enquanto isso, não quer pegar meus tênis, meu relógio, meu óculos, minha calça e minha camisa? Lá eu te dou mais. Tenho uns DVDs -pode levar o aparelho também-, um rádio, uma TV e um computador. Me passa seu endereço pra eu mandar entregar meu guarda-roupas, a cômoda, a mesa e as cadeiras. Ah, e a escrivaninha vai de brinde, belê?

Quer a minha dignidade?

Ecossustentabilidade

Sustentabilidade - o termo que todos buscam resgatar. O planeta clama pelo equilíbrio que os seres humanos, aquele, Homo sapiens sapiens, arregaçaram.

O que vem-se tendo são mais tempestades, maior aumento de temperatura, maior diminuição de temperatura, mais secas. Tudo em um único mês. Passa-se já pelas quatro estações do ano em um único dia. E o que nós fazemos para tentar, óbvio que não chegaremos, ao equilíbrio?

Jovens, nós, nos preocupamos. Aprendemos a nos preocupar, porque não há ignorância em nossas mentes. Ensinamentos que queremos passar para todos. Contudo, muitos velhos -e chamo de velhos porque têm uma mente velha- ignoram para a ignorância. Preferem o comodismo, afinal, "até a morte, não pode piorar".

Princípios básicos de ecologia aprendemos nas escolas, Internet, enfim, meios de comunicação, e como filhos nossos e descendentes passarão a habitar o planeta que habitamos, queremos o melhor que podemos fazer agora.

A palavra-chave: equilíbrio. O universo tende ao equilíbrio e o equilíbrio é o centro do universo.